Ao sair, deixe a porta aberta!

A batalha contra o COVID-19 já contabiliza muitas e muitas perdas. No entanto, está apenas começando. Dias passam como semanas, repletos de surpresas e desafios, e o que vemos no horizonte é um cenário cada vez mais complexo – às vezes, nada promissor.

Desanimou?

Nós também não. Desde o primeiro face shield que imprimimos, sabíamos que tocar esse projeto era uma missão difícil, exigente e de altíssima responsabilidade. Mesmo assim (ou justamente por isso) assumimos esse compromisso.

Agora, quando vemos apoiadores e parceiros de peso como o Converge Lab (grupo de pesquisa fruto do convênio UFRJ e o Inmetro) multiplicando-se ao nosso redor, renovamos nosso otimismo e fazemos disso nosso combustível para produzir e doar mais.

Bem, o Inmetro dispensa apresentações. Mas… você sabe o que é o Converge Lab?

É um grupo de pesquisa da UFRJ concebido para estudar as janelas de oportunidades em empregabilidade e empreendedorismo baseadas na Industrias 4.0 e sua associação com as áreas de Biotecnologia, Nanotecnologia e Tecnologias Convergentes (BioNanoTC), atuando, portanto, dentro dos conceitos da OCDE. Concebida e coordenada pelo prof. de inovação e empreendedorismo Ronaldo Pedro da Silva, o Converge Lab nasceu a partir do convênio UFRJ e Inmetro, onde está atualmente instalado e operando três impressoras 3D fornecidas pela universidade (com apoio da Faperj) e Inmetro.

Em outras palavras, é um time formado por oito pessoas maravilhosas: Diane Layanna Barros de Castro e Felipe Pereira Costa (ambos graduandos em Nanotecnologia e colegas na Empresa TecX Jr), Getulio Silva e Souza Junior (também na graduação em Nanotecnologia); Fernanda Almeida da Silva e Murilo Costa Matsunaga (graduação em Biotecnologia); Gabriel Cataldo (mestre em Biotecnologia pelo Inmetro), Gabriel Labrujó de Camargo (graduando em Biotecnologia que, além de ter o Converge Lab até no nome, disponibiliza seu carro para fazer o transporte dos voluntários de forma segura entre a residência dos alunos e o Inmetro); e, por fim, o querido mestre Ronaldo que, apesar de cumprir o isolamento neste momento, tem a mente e o espírito junto de seus alunos e – óbvio! – não vê a hora de pegar aquela carona com o Gabriel para o trabalho!

É incrível, mas foi de Ronaldo a iniciativa de entrar em contato conosco. Um belo dia, ligou para a Fernanda Prazeres, nossa líder geral, e disse: “Oi Fernanda, lembra de mim?”. Ela nem titubeou: havia sido sua aluna na UFRJ em 2018, tornando-se sua monitora um ano depois. Dessa experiência, a ex-aluna do curso de Disciplinas Integradas de Empreendedorismo guarda ótimas lembranças – em especial, do caráter dinâmico e multidisciplinar do curso.

O motivo da ligação: Ronaldo estava com uma turma de alunos cheios de energia e disposição pra botar a mão na massa, mas faltava material. Então, propôs uma parceria onde a SOS 3D COVID-19 e o Converge LAB poderiam se ajudar. Daí pra frente, foi só sucesso. E pela proximidade geográfica e institucional com o Inmetro, a integração com o instituto se deu naturalmente.

E aqui estamos nós! Orgulhosos de ter conosco uma equipe de tão alto nível, engajada e ativa como essa. E, não bastasse essa troca rica e cordial entre nós, temos ainda o privilégio de estreitar laços com os profissionais do Inmetro – o tipo de parceria que nos faz, ao mesmo tempo, mais humildes diante de nossa realidade e mais confiantes em nosso futuro.

A todos vocês, nosso carinho, reconhecimento e gratidão!

De seus parceiros,

SOS 3D COVID-19

Fonte: https://www.sos3dcovid19.com.br/post/ao-sair-deixe-a-porta-aberta

Foto: Silvio AVILA / AFP